Diversos são os benefícios do ômega 3 para a saúde. Do emagrecimento à redução do colesterol ruim, esta gordura boa é encontrada principalmente em peixes de água salgada e em algumas sementes, como a chia e a linhaça.

O ômega 3 é composto por três tipos de ácidos graxos poli-insaturados responsáveis pelo bom funcionamento do metabolismo: EPA (ácido ecosapentaenóico), DHA (ácido docosaexaenoico) e ALA (ácido alfa-linolênico).

Contudo, o nosso corpo não produz este importante nutriente e por isso, devemos ingerir alimentos que sejam ricos em ômega 3.

Mas quais são esses alimentos? Que outros benefícios este tipo de gordura traz às pessoas? De que forma podemos consumir o ômega 3?

 

Os principais benefícios do ômega 3

Reduz o risco de doenças cardiovasculares - o ômega 3 (ácido alfa-linolênico) afina o sangue, ajudando a impedir a formação de placas de gordura e coágulos (trombose) que podem provocar infarto do miocárdio e derrames.

Por diminuir a viscosidade do sangue, ele também melhora a circulação sanguínea, aumentando a nutrição e oxigenação dos tecidos.

Reduz o colesterol - outra capacidade do ômega 3 é diminuir o colesterol ruim (ldl) e os triglicerídeos e aumentar o bom colesterol (hdl). Dessa forma, o ômega 3 previne o depósito dessas gorduras nas paredes das artérias (aterosclerose), uma das principais causas de ataque cardíaco.

Reduz pressão arterial - o ômega 3 também tem ação vasodilatadora, ou seja, relaxa as artérias ajudando a baixar a pressão arterial.

Benefícios para o bêbe - na gravidez, o complemento auxilia no crescimento e no desenvolvimento do feto e de todo o seu sistema nervoso. O ômega 3 estimula o cérebro e potencializa as transmissões entre as células nervosas.

Após o nascimento, principalmente entre os 6 e os 12 meses de idade, o ômega 3 aumenta o campo de visão e o desenvolvimento neuropsicomotor da criança.

O uso de ômega 3 também é benéfico para a saúde mental e cognição, melhorando o humor, a motivação, a memória, a concentração e o aprendizado da criança.

Benefícios para a mamãe – a suplementação com ômega 3 durante a gestação previne a depressão materna e reduz os riscos de partos prematuros.  

Ajuda a emagrecer - por ajudar a controlar o apetite e potencializar a ação da insulina, o ômega 3 pode contribuir para o processo de emagrecimento.

 

Alimentos ricos em ômega 3

Para você ter acesso aos benefícios do ômega 3 é preciso consumir alimentos que sejam ricos nesse nutriente. Além de peixes como o salmão, sardinha e atum, oleaginosas como nozes e castanhas possuem altos índices de ácido graxo poli-insaturado. A soja, a linhaça, a chia e o azeite de oliva também entram nessa lista.

 

A melhor forma de consumir o nutriente

Além de fontes naturais, como citamos acima, o ômega 3 também pode ser consumido por meio de cápsulas. Aliás, essa é a forma mais comum utilizada atualmente.

A quantidade necessária de ômega 3 varia de acordo com a idade. Normalmente, a sugestão de uso é de 2 cápsulas 3 vezes ao dia nas principais refeições. 

Que tal começar a consumir este importante nutriente para o seu organismo? Clique aqui e acesse a nossa loja.